Conteúdo adulto

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Despedida

Caros Imputáveis

Estou me despedindo do blogue. Infelizmente o trabalho, projetos e estudos estão roubando meu tempo. Encerro meus abusos literários com um conto. Espero que gostem. 
Nos encontramos em breve, em uma mesa de bar qualquer desta maravilhosa blogosfera! 
Afagos no cabelo .
A imputável Michele P.

________________________

A Lua Cheia

Estávamos sozinhos pela primeira vez. Era noitinha e a rua deserta.
Perguntou-me se estava nervosa. Respondi que não, mas ele quis comprovar. Colocou uma das mãos sobre meu seio. Retruquei que meu coração não ficava ali. 
Sorriu. Sorrimos.
Beijou-me o pescoço, a orelha, colocou a mão por baixo do meu cabelo. A língua quente viajava pelo meu colo. Abriu a blusa, tocou o bico dos seios. Rijos.
Beijou um. depois o outro. Com volúpia. Lambia, apertava, beijava. Era bom...
As mãos. Sempre elas. Marotas, indisciplinadas... Apoiou-as nos joelhos, foi erguendo o vestido até chegar as coxas. 
Um comichão estranho.
Afastou a calcinha. Os dedos fizeram todo o trabalho.
- Gostosa. 
Foi o que ele disse.
Olhei para o seu sexo. A calça quase explodindo. Quis apalpar. 
O sangue do seu corpo parecia estar todo concentrado ali. Toquei. Delicadamente, depois mais firme. Ele suspirou profundamente, em êxtase. Beijou-me.
Por alguns minutos, brincamos com nossos órgãos como duas crianças curiosas.
Depois, deitei no seu ombro. Olhei pela janela. A Lua alta. Cheia. Como nós. Como nosso amor. 
Era nossa melhor fase. Ainda não conhecíamos a Minguante.







8 comentários:

Átila Goyaz disse...

http://www.youtube.com/watch?v=z_qttDOuC6E

Átila Goyaz disse...

Muito triste pela sua saída, o que me conforta é que passamos da postagem número 69 (risos)
Bjus e volte logo!

Mirian Oliveira disse...

è uma pena saber que você vai sair...
creio q nunca lhe disse, mas sou sua fã.. tens o dom da palavra.. da escrita.. do pensamento.. da arte da criação... sabes como envolver na leitura.. =)
espero q sempre continue assim...
te cuida..
bjim

Michele P. disse...

Átila

Sobrevivemos aos três primeiros meses, não foi?
Infelizmente a vida é cruel e o tempo curto... Sentirei falta!

:(

Um beijo

Michele P. disse...

Mirian

Poxa, fiquei lisonjeada... é bom saber que me lê e que gosta do que escrevo. Particularmente, dou pouco valor aos meus textos. Saber que eles são apreciados, é um grande estímulo.
Obrigada.
Tenho um bgog pessoal, quando quiser, me visita:
http://profmieseusdesvaneios.blogspot.com/

Beijos

Lily disse...

Vim conhecer o Átila, e encontrei esse conto, ótimo, por sinal. A escritora soube deixar o recado e a vontade... uma pena estar saindo.

Átila, adorei teu comentário em meu texto: "Ainda bem que lhe restam os dedos!". Divertido e sensível. 'Sui generis'. Obrigada! Você me deixou rindo diante da tela do computador.

Um abraço aos dois,

Suzana/LILY

Lily disse...

Átila,

Voltarei, gostei dos dois espaços. Li apenas o conto que comentei, mas voltarei com mais palavras.

Um abraço,

Suzana/LILY

El Brujo - Rock disse...

muito bom