Conteúdo adulto

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Segredos de amor

O que se faz na cama
a ninguém deve dizer
é segredo de quem ama
ninguém precisa saber.

Se toca ou se beija
se apalpa ou morde
se finge ou deseja
se faz o que não pode

Se invade ou lambe
a vulva, indecente
se rompe ou envolve
fode sutilmente

Se entre quatro paredes
de costas te descobrem
se pelo chão, ou em redes
sons obscenos explodem

Não revele segredos
em gritos desvairados
na surdina mantenha
 o sexo sagrado.

5 comentários:

Eraldo Paulino disse...

Pow...

Tomara que nenhuma produtora de hentai ou pornô leia isso. Te processariam rs

Bjs!

Átila Goyaz disse...

Gostei, mas prefiro o amor público, entre os cachorros. :)

Maela disse...

"Fode sutilmente" - ADOREI

Gleidson Gomes disse...

Sempre tive a mania de escancarar meu prazer! rs

Interessante o jogo entre eu poético e poema: pede-se que não se diga nada já quase dizendo, sugerindo!

Muito bom Michele.

Abs

Marcos Montanhês disse...

Também gostei do contraste em se dizer o que não era pra ser dito. :D