Conteúdo adulto

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Foçada no pátio

Como uma posse mágica,
o fóssil.

Como se coça grácil,
o frágil.

Como uma bossa-relógio,
o ócio.

Como se fosse fácil,
o lógico.

5 comentários:

Eraldo Paulino disse...

Estás de parabéns. Lógico.

Abraço!

Átila Goyaz disse...

O lógico, ta aí, me encontrei. :)

Michele P. disse...

Marcos

Brilhante jogo de palavras!

Beijos ^^

Gleidson Gomes disse...

Lembrou-me "Cidadezinha qualquer", do Drummond.

Tédio existencialista, consciente da ilogicidade da vida.

Marcos Montanhês disse...

Obrigado, amigos. :)